Prezado(a), nossa nova plataforma precisa que você informe um endereço de e-mail válido para acessar o sitema e se comunicar com a JMM, favor cadastra-lo abaixo.

Cartas Missionárias

Missionario: Aaron Costa
O que Deus tem feito no campo - Março / 2017
Sudeste Asiático - Março de 2017.

Olá, querido parceiro de ministério!

Com a graça do Pai, nós estamos bem. Nossos projetos e nossa escolinha estão indo muito bem e podemos dizer que esse tem sido um tempo de fundamentação. Nosso desejo é que esta carta encontre o irmão com o mesmo sentimento de vitória, mesmo em meio à tormenta, certo de que o Maior de tudo e todos está batalhando ao nosso lado.

Em nossa carta do mês passado, compartilhamos sobre os frutos colhidos nas atividades de Natal. Graças a Deus, muitas pessoas conheceram a Verdade durante o natal do ano passado (durante o natal temos liberdade de falar sobre Deus, sem perigo) e agora estamos investindo em discipulado para esses que se entregaram a Cristo.

Com relação às notícias deste mês, gostaríamos de falar especificamente sobre duas famílias que têm sido alcançadas através de um de nossos projetos, o VFC. A primeira família é composta de dois filhos, a mãe e a avó. Temos acompanhado essa família de perto. Um dos filhos é praticamente nosso filho também, pois ele já havia entregado sua vida a Cristo e juntos estávamos rogando pela salvação de sua mãe. Na noite de natal ela tomou sua decisão e iniciamos o discipulado, o que não tem sido fácil. Ela está vivendo muitas batalhas, pois a adoração aos ancestrais é algo muito forte na vida deles, o que se torna uma barreira. Às vezes sentimos que damos dois passos para frente e três para trás. Em uma semana ela quer estudar e se aprofundar mais, na outra ela reclama que o filho está muito diferente e muito interessado “por essas coisas”. Temos clamado a Deus, pedindo que Ele nos dê sabedoria e discernimento para lidar com essa situação. Gostaríamos que os irmãos segurassem nossas mãos nessa batalha, pois essa é uma família muito importante para nós. Os amamos muito e entendemos que Deus tem planos grandiosos para a vida deles no local onde eles moram.

A outra família é composta por dois filhos, o pai e a mãe, também muito querida nossa. Apenas o filho mais velho já se entregou a Cristo, mas seus pais estão cada dia mais próximos, inclusive já visitaram a igreja local e gostaram muito. Eles também estão enfrentando muitas batalhas, pois sentem muito medo de abandonar as práticas passadas. Temos orado muito por eles e um grande passo que já demos, com a permissão do pai dessa família, foi o batismo do filho mais velho, o que é uma grande vitória.

Além deles, nesse ano que se iniciou nós temos focado em mais três famílias desse projeto e em cinco famílias do projeto Kairos. Nosso objetivo é que, ao final desse ano, tenhamos uma igreja plantada onde temos o projeto esportivo VFC, mas contamos com a força de nossos mantenedores do Brasil através de suas ofertas e orações.

Queridos, Deus tem realizado o Seu mover nessas terras e isso tem nos feito regozijar Nele. Mais uma vez gostaríamos de expressar nossa gratidão pelo carinho de cada um de vocês. Muito obrigado por podermos contar com vocês segurando as nossas cordas aí do Brasil. Muito obrigado por não nos deixarem “sozinhos” nessa caminhada. Que o nosso Pai continue abençoando e guardando a vida e o ministério de cada um de vocês.

É com um grande abraço que finalizamos nossa carta.

Orem conosco:

- Pelo centro de inglês;
- Pelo discipulado com as crianças e de seus familiares
- Que Deus continue nos mostrando estratégias para chegarmos aos povos não alcançados;
- Pelos líderes locais;
- Pela nossa escola de futebol;
- Pelas famílias que têm sido visitadas, semanalmente.

De seus missionários,

Aaron e Paula Costa.






Processando...